Saiba como tirar o visto para os EUA

abril 5, 2010 Postado por
Estatua da Liberdade, nos Estados Unidos

Foto destaque: Shutterstock

Tirar um visto para os Estados Unidos costuma causar apreensão nos brasileiros, seja pela dificuldade e burocracia para reunir todos os documentos necessários ou provar que não tem a intenção de permanecer ilegalmente no país.

Mas se você tem aquela semana dos sonhos na Disney marcada ou um curso de especialização em mente, fique tranquilo. O processo exige sim empenho e atenção aos detalhes, mas temos uma boa notícia: ele será mais simples e rápido a partir do dia 05 de abril de 2010.

Um novo formulário totalmente eletrônico, denominado DS-160, substituiu os antigos e complicados formulários de papel.  Com perguntas de múltipla escolha, o formulário diminui o tempo de espera no dia entrevista e para o  processamento do visto. Caso tenha dúvidas sobre o preenchimento, o  site da Embaixada dos Estados Unidos no Brasil criou uma página com respostas para as perguntas frequentes sobre o novo formulário DS-160.

Saiba como tirar seu visto americano, passo a passo:

1. Pague a taxa de R$ 38,00 para obter a senha de agendamento da entrevista: o pagamento pode ser feito pelo site www.visto-eua.com.br ou pelo telefone (21) 4004-4950.  Tenha em mãos o número do seu passaporte.

2. Marque a data da sua entrevista: Com a senha, você poderá marcar sua entrevista também através do site www.visto-eua.com.br, escolhendo o dia e o horário. No Brasil há quatro consulados americanos que emitem o visto, nas cidades de São Paulo, Brasília, Rio de Janeiro e Recife.  O site informa o tempo de espera e as próximas datas disponíveis para agendamento.

3. Preencha o formulário de solicitação de visto DS-160. Acesse o novo formulário eletrônico pelo link https://ceac.state.gov/genniv/ até 2 dias antes da entrevista. Por enquanto, o formulário só pode ser preenchido em inglês, e não aceita acentos nem caracteres especiais, como o cedilha (ç). Você vai precisar de dados como número do passaporte e de passaportes anteriores, vistos, dados sobre a viagem e a foto dentro dos padrões exigidos.  O formulário exige o envio de uma foto digital, que deve seguir um guia de padrões de qualidade (site em inglês). Note que você também precisará de outra foto impressa para levar no dia da entrevista.

Há um tempo limite para preenchimento de 20 minutos, então tenha todas as informações com você. Caso algo dê errado, nada de desespero. O sistema permite que você salve o preenchimento e continue mais tarde. No dia da entrevista, leve também a página de confirmação do preenchimento, recebida após o envio do DS-160.

4. Pague a taxa de Solicitação de Visto de 140 dólares: O pagamento pode ser feito nas agências do Citibank, somente em dinheiro (espécie) e em Reais, de acordo com a taxa de câmbio do dia. As duas taxas não serão reembolsadas caso seu visto seja negado. Caso deseje renovar o visto, também será necessário pagar as taxas novamente. 

5.  Compareça ao Consulado na data marcada para sua entrevista com todos os documentos necessários: Você deverá levar a confirmação de preenchimento do formulário e os outros documentos necessários, que podem ser consultados na página da Embaixada americana no Brasil.

Documentos necessários para a obtenção do visto:

  • Comprovante de agendamento de entrevista.
  • Comprovante de pagamento da taxa de solicitação do visto, de US$ 140,00 (no valor equivalente em reais), que deverá ser paga com antecedência numa agência autorizada do Citibank.
  • Passaporte atual com validade mínima de 06 meses a partir da data de viagem e passaportes anteriores vencidos (se possuir).
  • Confirmação de preenchimento on line do formulário modelo DS-160, com foto digitalizada.
  • Uma foto 5X5 recente, com fundo branco, sem óculos e sem franja. Preferencialmente a mesma foto enviada no preenchimento do DS-160.
  • Formulários complementares – no caso de estudantes, formulários I-20 ou DS-2019, que são fornecidos pela instituição de ensino e devem estar preenchidos e assinados.
  • Documentos de apoio (original), que vão provar suas ligações com o Brasil – declaração do imposto de renda, os três últimos contra-cheques e os três últimos extratos bancários, somente dos terminais de auto-atendimento. Você pode apresentar também comprovantes de matrícula em instituições de ensino, carteira de trabalho, certidão de casamento/nascimento, documento de carro o outros bens, entre outros.

Quem vai requerer visto de estudante ou intercâmbio precisa preencher os formulários I-20 ou DS-2019 e comprovar que tem possibilidades financeiras para pagar os estudos ou a hospedagem.

Para aqueles que vão para os Estudos Unidos a trabalho, é preciso apresentação da petição do visto de trabalho aprovada pelo Departamento de Segurança Nacional e os documentos que levaram à aprovação da petição de trabalho.

Desde o dia 28/05/10 os vistos americanos têm validade de 10 anos e as taxas extras cobradas para os vistos de negócios, estudantes, intercâmbios e professores visitantes foram eliminadas. Leia nosso novo post sobre as mudanças no visto dos EUA.

Dicas para o dia da entrevista:

Como há alguns anos havia filas enormes na hora da entrevista, as pessoas criaram o hábito de chegar o mais cedo possível no Consulado. Nós recomendamos que você agende sua entrevista por volta do meio-dia, quando a fila diminui.

Procure tirar a foto 5×5 com antecedência. Dentro do consulado há um local para isso, mas o preço é maior.

Depois de entrar, você passará por algumas etapas até a entrevista final, entre elas, entrega de documentos e impressões digitais. Na entrevista final você falará diretamente com um funcionário do consulado, que será responsável por autorizar ou negar seu visto. É importante manter a calma e explicar a ele os motivos pelos quais você está tirando o visto. Os funcionários geralmente falam português, mas as entrevistas são feitas em inglês preferencialmente.

Se o visto for concedido, aqueles que vão trabalhar ou estudar devem pagar uma outra taxa, no Consulado. No caso daqueles que vão aos Estados Unidos a negócios, empregados domésticos, estudantes acadêmicos e pesquisadores (visto B-1), o valor dessa taxa é de 60 dólares. Intercambistas, acadêmicos, au-pairs e estagiários (visto J-1) devem pagar uma taxa de 40 dólares. Desde o dia 28/05/10 esses vistos estão isentos de taxa. Veja a nova tabela de taxas dos vistos para os EUA no site da embaixada americana.

Seu passaporte fica em posse da Embaixada e você pode retirar no local entre 2 e 5 dias úteis. Se preferir, os documentos podem ser enviados para sua casa.  Leve dinheiro para pagar a taxa do Sedex no local, que custa em torno de R$30, dependendo da sua região.

Para não ter o visto negado:

Uma forma de evitar ter seu pedido negado é munir-se de tudo que comprove laços com o Brasil, como documentos de posse de carros ou imóveis, dependentes e comprovante de que você tem um emprego estável. É importante também apresentar documentos mostrando que você tem dinheiro suficiente para manter-se no país durante sua estadia.

Pessoas com conhecidos ou parentes nos Estados Unidos têm mais chances de ter o visto negado, assim como aqueles que já tiveram o visto rejeitado.

Endereços dos consulados e da Embaixada:

São Paulo – SP
Rua Henri Dunant, 500. Santo Amaro
Hotéis próximos ao consulado: Gran Estanplaza São Paulo e Estanplaza Berrini

Brasília – DF
SES – Avenida das Nações. Quadra 801, lote 03
Hotéis próximos à Embaixada: Naoum Express Brasília e Nobile Lakeside Convention & Resort

Rio de Janeiro – RJ
Avenida Presidente Wilson, 147. Centro (utilizar a entrada localizada na Rua Santa Luzia s/n)
Hotéis próximos ao consulado: Hotel OK e Aeroporto Othon

Recife – PE
Rua Gonçalves Maia, 163. Bairro Boa Vista
Hotel mais próximo ao consulado: Recife Praia Hotel

Ainda tem dúvidas? Então leia nosso post com as 10 perguntas mais frequentes sobre o visto americano!

Esse post foi escrito para o Blog da MalaPronta.com, hotéis no Brasil e no Mundo pelo menor preço!

Franciele
Franciele

Gosta de música, futebol, Fórmula Um, seriados, filmes, livros, viagens e mídias sociais. Se interessa pelas áreas de jornalismo esportivo, cultural e turístico. Em 2008/2009 ficou quatro meses em Phoenix, nos Estados Unidos, fazendo o intercâmbio Work and Travel.

Comentários

Comente via Facebook
Comente via InteseDebate (403)

403 respostas para “Saiba como tirar o visto para os EUA”

  1. samantha_malapronta disse:

    Olá, Paola!

    Depende, se você realiza muitas viagens ao país, compensa tirar logo o visto. Se não, você pode usar o SAE que é um visto temporário.

    Abraços!

  2. Paola disse:

    Ola gostaria de saber si para Mexico preciso tirar visa tambem?
    obrigada!

  3. franciele_malapronta disse:

    Oi, Nayara!

    Acho que é mais fácil e garantido você contar a verdade, que irá apenas fazer uma escala nos Estados Unidos. Isso é mais concreto ainda para provar que não há interesse em tirar o visto para virar uma imigrante ilegal.

    Boa sorte!

Deixe uma resposta